Entre em contato
48 34339020

Arquivos diários:28 de agosto de 2015

Vigilante que fazia ronda embaixo de linha de alta tensão receberá adicional de periculosidade

  A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou a Companhia Piratininga de Força e Luz (CPFL) e a Universo System Segurança e Vigilância Ltda. a pagar adicional de periculosidade de 30% a um vigilante que ficava exposto ao risco diariamente, durante 90 minutos, durante as rondas debaixo de linha de alta tensão. A […]

Ler mais